Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Dias dificeis.

Como comprova esta noticia, até às eleições legislativas, viver-se-ão dias difíceis em S. Bento. Já que a oposição se revela cada vez mais distante e abstraída, Cavaco encarrega-se de assumir uma fiscalização mais apertada ao Governo.

 

Apesar de ser bom para a generalidade dos portugueses - digo, haver quem seja rigoroso com a acção do governo - esse é um papel destinado aos partidos da oposição. Ou seja, o papel de Cavaco é muito mau para a oposição.

 

Mas quem não aparece, não existe! E Cavaco lá vai existindo.

publicado por Sérgio de Azevedo às 10:30
link do post | comentar | favorito
|

.Autor

.pesquisar

 

.posts recentes

. Temporariamente aqui!

. Ausência II

. Ausência

. A hibernação chegou ao fi...

. Excitações

. Em nome da transparência

. Não resisto a perguntar

. Gripes, baixas, birras, a...

. Constatações

. Sinais

.arquivos

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

    follow me on Twitter
    botão amigos
    Twingly BlogRank

    .subscrever feeds