Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

A estória da carochinha

Se não conhecessemos o PSD, e em particular Alberto João Jardim, até cairíamos na fábula da carochinha que floridamente, ontem, contou a Mário Crespo.

 

Na verdade, não houve nenhum "grupo, grupelho ou grupinho" que impedisse a sua candidatura a líder do PSD. Quem o fez foi o PSD. O PSD no seu todo. A começar por Luís Filipe Menezes.

 

Lembro-me bem do "pára - arranca" discursivo entre AJJ e Santana Lopes no Conselho Nacional do PSD. Numa espécie de "vais tu, ou vou eu?" . Santana avançou, Menezes calou, Alberto engoliu e o partido aplaudiu. 

 

Em bom rigor, AJJ responde bem ao seu delírio dos "grupos, grupelhos e grupinhos" afirmando "Como é que vou assumir responsabilidades se não me querem?".

É verdade Dr. AJJ! A malta não o quer por cá. E aqui entre nós, graças a Deus!

 

publicado por Sérgio de Azevedo às 10:10
link do post | comentar | favorito
|

.Autor

.pesquisar

 

.posts recentes

. Temporariamente aqui!

. Ausência II

. Ausência

. A hibernação chegou ao fi...

. Excitações

. Em nome da transparência

. Não resisto a perguntar

. Gripes, baixas, birras, a...

. Constatações

. Sinais

.arquivos

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

    follow me on Twitter
    botão amigos
    Twingly BlogRank

    .subscrever feeds