Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Words!

Os grandes grupos económicos são o "ambiente propício" para o uso de expedientes que levam à perda de receita fiscal do Estado e, por isso, "deverão constituir o alvo prioritário da administração fiscal", refere-se num relatório da Inspecção-Geral de Finanças. O fisco, segundo a IGF, demonstra bastantes "fragilidades" do seu acompanhamento, mas as medidas adoptadas pelo Governo ficaram aquém das propostas da IGF.

Do "dever ser" ao "ser" vai uma grande distância. Será este o Governo que resistirá as grandes pressões dos grandes grupos económicos e os perseguirá como persegue o "pequeno" cidadão? Tenho as minhas dúvidas!

publicado por Sérgio de Azevedo às 09:11
link do post | comentar | favorito
|

.Autor

.pesquisar

 

.posts recentes

. Temporariamente aqui!

. Ausência II

. Ausência

. A hibernação chegou ao fi...

. Excitações

. Em nome da transparência

. Não resisto a perguntar

. Gripes, baixas, birras, a...

. Constatações

. Sinais

.arquivos

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

    follow me on Twitter
    botão amigos
    Twingly BlogRank

    .subscrever feeds