Sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

Um Mundo verdadeiramente catita.

 

 

 A estreia de "Um Mundo Catita" fez-me recordar os tempos de uma juventude mais inconsciente e desprendida de obrigações. Apesar de definida como uma "viagem ao imaginário de Manuel João Vieira, em que os sonhos se misturam com uma cinzenta realidade", "Um Mundo Catita" é muito mais do que isso. Uma nota especial para Filipe Melo (produtor e argumentista) que depois de "I'll see you in my dreams" brinda-nos com mais um pouco do seu brilhantismo. A não perder.

publicado por Sérgio de Azevedo às 09:38
link do post | comentar | favorito

.Autor

.pesquisar

 

.posts recentes

. Temporariamente aqui!

. Ausência II

. Ausência

. A hibernação chegou ao fi...

. Excitações

. Em nome da transparência

. Não resisto a perguntar

. Gripes, baixas, birras, a...

. Constatações

. Sinais

.arquivos

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

    follow me on Twitter
    botão amigos
    Twingly BlogRank

    .subscrever feeds